fbpx

Cunicultura – Projectar o Futuro

Nos próximos dias 12 e 13 de novembro de 2019 a ASPOC – Associação Portuguesa de Cunicultura e a APEZ – Associação Portuguesa de Engenharia Zootécnica, vão realizar as XI JORNADAS DE CUNICULTURA DA ASPOC / VII JORNADAS DE CUNICULTURA DA APEZ, com a colaboração do Departamento de Zootecnia da UTAD.

O programa proposto terá como tema a “Cunicultura – Projetar o Futuro” focando as diferentes áreas que possam potenciar a produtividade e a rentabilidade da cunicultura, bem como os desafios com que nos vamos deparar num futuro, já quase presente, como sejam o bem-estar animal, as resistências antimicrobianas, a pressão dos grupos animalistas, entre outros.  

 

LOCAL

Auditório das Ciências Agrárias da UTAD,
Quinta de Prado, 5001-909 Vila Real.

PROGRAMA

Programa provisório

Terça-feira, 12 de novembro

14h00 Acreditação e entrega de documentação
14h30 Sessão I – Utilização de novas matérias primas na alimentação do coelho

Matérias primas fibrosas em natureza e tratadas – Miguel Rodrigues, UTAD
Fontes Matérias primas não tradicionais – Cátia Martins, ISA

16h30 Sessão II – Posters

Moderador: Edgar Vaz

Apresentação e discussão de posters
Apresentação do Projecto LAGMED

17h00 Pausa para café

17h30 Sessão III – Gestão Técnica e Económica

Moderador: José Pedro Araújo

Gestão Técnica e Económica em Espanha – Indicadores – E. Gomez, IVIA – Valencia
Gestão Técnica e Económica – Meios e fins – François-Xavier Menini, Mixscience

Quarta-feira, 13 de novembro

8h30 Acreditação e entrega de documentação
9h15 Sessão de Boas Vindas e Abertura das Jornadas

Eng.ª Carla Alves, Diretora Regional da DRAPN em representação da Ex.ma Sra. Ministra da Agricultura
Graça Mariano, Subdiretora Geral da DGAV
Emídio Gomes, Vice-Reitor da UTAD
Firmino Sousa, Presidente da ASPOC
Ana Sofia Santos, Presidente da APEZ
Victor Pinheiro, Vice-diretor Departamento Zootecnia – UTAD

9h30 Sessão IV – Sanidade e Profilaxia

Moderador: Maria Rosa Rebordão

Parasitoses na cunicultura – Ana Patrícia Lopes, UTAD
Estafilococos e Pasteurela – J. M. Corpa, UCH-CEU
Prevenção e tratamento de clostridium – José Manuel Monteiro

11h00 Pausa para café
11h30 Sessão V – Mesa Redonda: Cunicultura, Ameaças e oportunidades da fileira

Moderador: Paulo Alves, R2 comunicação & publicidade
Helena Real, APN
Hélio Loureiro
François Tudela, CONFRARIA LA RABOUILLÈRE

13h00 Almoço volante no espaço de exposição
14h30 Sessão VI – Maneio e alimentação

Moderador: Victor Pinheiro
Escolha da futura reprodutora – D. Savietto, INRA
Formulação de dietas para coelhos na engorda – J. Garcia, UPM
Instalações e Ventilação – François-Xavier Menini, Mixscience
A água de bebida – Qualidade, tratamentos e redes – Cândida Cruz, De Heus
Formulación de alimentos para conejos: ¿qué nutrientes para qué fines? – Karine Bebin, CCPA

17h00 Pausa para café
17h30 Sessão VII – Legislação e Investigação

Moderador: Jorge Oliveira
Compromisso para a redução do uso de AM – Maria Azevedo Mendes, DGAV
Medidas de biossegurança nos núcleos de produção de coelhos – Filipa Lourenço, DGAV
Bem-estar e criação alternativa – J. Pascual, UPV

18h30 Sessão de encerramento

Engenheiro Fernando Martins, Diretor Regional da  DRAPC

20h00 Jantar de degustação de carne de coelho

Confecionado pelo Chefe Hélio Loureiro e harmonizado com vinhos da região.

APRESENTAÇÃO DE POSTERS

A comissão organizadora convida os participantes a submeterem, sob a forma de poster, trabalhos desenvolvidos na área da cunicultura.
A apresentação dos posters decorrerá no dia 12 de novemnbro, conforme programa acima apresentado.
Tendo em vista a elaboração do livro de resumos das Jornadas, a distribuir pelos participantes, agradecemos o envio até ao dia 30 de outubro, de um resumo do trabalho a apresentar (1 página A4; margens de 2,5 cm em todo o seu perímetro; letra arial 11; espaço 1,5).
No prazo máximo de 5 dias, a comissão científica comunicará a decisão de aceitação ou não do trabalho. Caso seja aceite, o autor deverá afixar no dia do evento, em local a indicar, um poster impresso (tamanho A1) e entregar no secretariado um ficheiro em formato powerpoint com 4 diapositivos sobre o trabalho (título e autores; objectivos; material e métodos e resultados e conclusões). Esta apresentação será efetuada pelo autor.
Será obrigatório a inscrição de pelo menos um dos autores para a aceitação dos trabalhos.
Qualquer informação poderá ser solicitada para o email: geral@apez.pt

COMISSÃO CIÊNTIFICA

Edgar de Santa Rita Vaz

Licenciado em Engenharia Zootécnica, mestre em Produção Animal, pela Faculdade de Medicina Veterinária – Universidade Técnica de Lisboa. É Professor Adjunto na Escola Superior Agrária de Castelo Branco – Departamento de Ciências da Vida e dos Alimentos, onde leciona disciplinas relacionadas com a fisiologia animal, nutrição animal, produção de aves e coelhos e tecnologia alimentar. Desenvolve atividade de investigação em cunicultura, sobre reprodução.

Jorge Belarmino Ferreira de Oliveira

Licenciado em Engenharia Zootécnica, mestre em Produção Animal e Doutorado em Ciência Animal pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. É Professor Adjunto da Escola Superior Agrária de Viseu do Instituto Politécnico de Viseu, onde é Director do Curso de 1.º Ciclo de Ciência e Tecnologia Animal e leciona disciplinas relacionadas com o melhoramento animal e produção de coelhos e aves. Desenvolve investigação em produção animal e outras áreas das biociências.

José Pedro Pinto de Araújo

Licenciado em Ciências Agrárias-Produção Animal pela Universidade dos Açores, mestre em Tecnologias de Produção Animal pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e doutorado pela Universidade de Santiago de Compostela. É professor adjunto na ESA/IPVC no Grupo Disciplinar de Ciências Agronómicas e Veterinárias, onde leciona disciplinas relacionadas com a produção de monogástricos e de zootecnia. Coordenador da Área Científica das Ciência da Vida e da Terra. Desenvolve a sua atividade de investigação com raças autóctones, no bem-estar animal, qualidade da carne e agricultura biológica.

Luisa Almeida Lima Falcão e Cunha

Licenciada e doutorada em Engenharia Agronómica, pelo Instituto Superior de Agronomia (ISA), Universidade Técnica de Lisboa. É Professora Associada com Agregação no Departamento de Produção Animal do ISA, onde leciona disciplinas relacionadas com a nutrição e alimentação animal e produção animal. Desenvolve atividade de investigação sobre a nutrição e alimentação do coelho.

Maria Rosa Rebordão Cordeiro Simões Crisóstomo

Licenciada em Medicina Veterinária, mestre em Produção Animal e doutorada em Ciências Veterinária pela Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Lisboa. É Professor Adjunto no Departamento de Zootecnia da Escola Superior Agrária de Coimbra, onde lecciona disciplinas relacionadas com anatomia e fisiologia, reprodução e nutrição animal e cunicultura. Desenvolve atividade de investigação em reprodução animal.

Victor Manuel de Carvalho Pinheiro

Licenciado em Engenharia Zootécnica e doutorado em Ciência Animal, pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). É Professor Auxiliar no Departamento de Zootecnia da UTAD, onde leciona disciplinas relacionadas com a fisiologia animal e produção de coelhos. Desenvolve atividade de investigação em cunicultura, sobre nutrição e alimentação, sistemas alternativos de alojamento e qualidade da carne.

ORADORES

Cátia Falcão Martins

Licenciada e Mestre em Engenharia Zootécnica pelo ISA/FMV-UL. Doutoranda no curso de Ciências Veterinárias na FMV-UL. Trabalha desde 2014 no Laboratório de Nutrição e Alimentação Animal da Seção de Produção Animal do ISA-UL, como responsável técnica, dando apoio a aulas práticas e trabalhos de mestrandos. Os seus principais interesses científicos são na área da utilização de matérias primas não convencionais na alimentação de suínos (microalgas) e coelhos (utilização de subprodutos) sobre o efeito nos índices zootécnicos e qualidade da carne.

Davi Savietto

Zootecnista pela Universidade de São Paulo (Pirassununga, Brasil), com passagens pela Universidade Politécnica de Valência (UPV, Valência, Espanha) e pela Mississippi State University (Starkville, MS, USA), os meus principais interesses como aspirante a pesquisador eram a nutrição, o melhoramento genético e o desenvolvimento fisiológico dos animais domésticos. Mais tarde e durante meu doutoramento (UPV), comecei a me interessar mais detalhadamente sobre os diversos fatores que orientam o desenvolvimento, a longevidade e a resiliência dos animais domésticos, sendo os coelhos a espécie modelo. Concretamente, os meus trabalhos se concentraram em compreender como os critérios de fundação e de seleção alteram a capacidade de obtenção e de utilização dos recursos disponíveis e por conseguinte a longevidade e a resiliência dos animais domésticos. A raiz dos trabalhos desenvolvidos em Espanha, comecei a questionar como a seleção artificial em um contexto artificializado e com práticas bem definidas altera a trajetória de vida dos animais. Estes questionamentos me impulsionaram a realizar um pós-doutorado em biologia evolutiva na Universidade de Yale (New Haven, CT, USA), onde desenvolvi trabalhos sobre os critérios de eliminação das coelhas e sobre a influencia do desenvolvimento precoce dos animais em condições desafiantes. Foram estes conhecimentos e bases conceituais que fizeram com que o Instituto Nacional de Pesquisas Agronômicas da França (INRA Occitanie Toulouse, França) me confiasse uma agenda cientifica orientada à procura de alternativas aos antibi´ticos e ao desenvolvimento de novos sistemas de produção cunícola, de forma a estimular a saúde e o bem estar dos animais.

Ernesto A. Gómez Blasco

– Especialista en cunicultura: selección, cruzamientos y gestión técnico económica.

– Doctor ingeniero agrónomo en 1994 por la Universidad Politécnica de Valencia, bajo la dirección del Profesor M. Baselga.
– 1995-2000: Investigador en la Unidad de Cunicultura del IRTA – Instituto de Investigación y Tecnologías Agroalimentarias de Cataluña. Responsable del programa de evaluación y mejora genética de las líneas Caldes y Prat con los núcleos de selección asociados en España y Portugal, trabajando con O. Rafel y J. Ramon.
– 1999-2002: Profesor de Producción Animal y Mejora Genética en la Facultad de Veterinaria de la Universidad CEU Cardenal Herrera de la Comunidad Valenciana, con J. Orengo.
– 2002-actualidad: Investigador en el Centro de Investigación y Tecnología Animal del IVIA – Instituto Valenciano de Investigaciones Agrarias. Desarrollador de bdcuni – Base de datos de gestión técnico económica del sector cunícola español en colaboración con M. Pascual y P. Serrano.
– Sectorial: Participante en diferentes congresos mundiales de la WRSA (1992, 1996, 2000, 2004 y 2012) y artículos en la revista WRS (2014 y 2004). Asistencia asidua y presentación de 20 trabajos en las Jornadas de la ASESCU y Congresos Ibéricos de Cunicultura ASESCU-ASPOC (1999, 2003, 2004 y desde 2006 a 2019) relacionados con genética y gestión técnico económica.

Ernesto A. Gómez Blasco

– Especialista em cunicultura: seleção, cruzamento e gestão técnica económica.

– Doutor em Engenharia Agronómica em 1994 pela Universidade Politécnica de Valência, sob a direção do Professor M. Baselga.

– 1995-2000: Pesquisador da Unidade de Cunicultura do IRTA – Instituto de Investigação e Tecnologias Agroalimentares da Catalunha. Responsável pelo programa de avaliação e aprimoramento genético das linhas Caldes e Prat com os centros de seleção associados na Espanha e Portugal, trabalhando com O. Rafel e J. Ramon.

– 1999-2002: Professor de Produção Animal e Melhoramento Genético da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade CEU Cardenal Herrera da Comunidade Valenciana, com J. Orengo.

– 2002-presente: Pesquisador do Centro de Pesquisa e Tecnologia Animal do IVIA – Instituto Valenciano de Pesquisa Agrária. Desenvolvedor de bdcuni – Banco de dados de gestão técnica económica do setor da cunicultura espanhol em colaboração com M. Pascual e P. Serrano.

– Setorial: participante de diferentes congressos mundiais da WRSA (1992, 1996, 2000, 2004 e 2012) e artigos da revista WRS (2014 e 2004). Participação regular e apresentação de 20 trabalhos nos Simpósios ASESCU e nos Congressos Ibéricos de Cunicultura ASESCU-ASPOC (1999, 2003, 2004 e de 2006 a 2019) relacionados à genética e gestão técnica económica.

François Tudela Ingénieur Agronome

Officier du Mérite Agricole

Président et membre fondateur de l’Ordre des Chevaliers de la Rabouillère créé en 1997

Expert cunicole de la Fédération des Eleveurs de lapin Français pendant 26 ans  (FENALAP)

François Tudela a travaillé de 44 ans à l’Institut National de la Recherche Agronomique (INRA) à  Toulouse (France)

Pendant plus de 38 ans, il a été Directeur des unités expérimentales et de sélection cunicoles des département de génétique animale (GA) , et de physiologie et d’alimentation (PHASE)

Membre de l’Association Scientifique Française (ASFC), il en a été le vice Président pendant 22 ans.

François-Xavier Menini

Nutricionista e especialista em Cunicultura na MIXSCIENCE (França).

Licenciado em Engenharia Zootécnica em França há 20 anos. Desenvolve investigação em formulação, premixes, especialidades nutricionais, aditivos,  software, maneio e instalações.

Helena Real

Nutricionista, licenciada em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto.
Mestre em Saúde Pública, pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.
Doutoranda em Ciências do Consumo Alimentar e Nutrição, em frequência na Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto.
Secretária-Geral da Associação Portuguesa de Nutrição.
Coordenadora Editorial da Acta Portuguesa de Nutrição.
Docente convidada da Licenciatura em Ciências da Nutrição no Instituto Universitário de Ciências da Saúde – Grupo Cespu.

Hélio Loureiro

Chefe de cozinha com mais de trinta anos de carreira, formou-se na Escola de Hotelaria e Turismo do Porto. Gastrónomo e investigador da arte da cozi­nha, com uma forte ligação ao mundo dos vinhos, autor de mais de vinte livros de gastronomia, apresentador de programas de televisão, cronista em diversas publica­ções, tem vindo a ser convidado para inte­grar o júri de concursos internacionais e nacionais.

Iniciou a sua carreia no restaurante “Zé da Calçada em Amarante”, fazendo parte da brigada da abertura do Hotel Le Meridien Porto, abre como sub-chef Executivo o Hotel Quinta do Lago da cadeia Orient Express, regressa ao Porto como chefe executivo do Hotel Sheraton, foi chefe executivo de cozinha e diretor de desenvolvimento de produto do Porto Palácio Hotel e da Solinca Eventos e Catering, Chefe executivo no Dunas Douradas Beach Club, Chefe executivo do Grupo Jase dos hotéis Douro Palace e Douro Royal Valley.

Em 1996, foi convidado para a Selecção Portuguesa de Futebol estando presente em inúmeros campeonatos europeus e mundiais.

Em 2003, foi eleito Chefe do Ano pela Academia Gastronómica Portuguesa.

Foi distinguido pelo Estado Português com o grau de Oficial da Ordem de Mérito pelo Dr. Jorge Sampaio. Distinção que juntou à de Comendador e Cavaleiro da Ordem de São Miguel da Ala.

Recebeu o Diploma de Honra e medalha de ouro da ARHESP.

Foi homenageado pela sua cidade natal, o Porto, com a Medalha de Honra e Mérito pelo Dr. º Rui Rio pelos serviços prestados ao serviço da sua cidade natal.

Recebeu a medalha da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa e foi elevado a Cavaleiro por Sua Alteza Real Dom Duarte de Bragança, chefe da casa real portuguesa.

Durante mais de sete anos foi apresentador e autor do programa semanal “Gostos e Sabores” na RTPn, emitido depois na RTP Internacional, Africa, Açores e Madeira.

Em 2018 viu o seu livro “eat à la Moda do Porto “ ser galardoado com o terceiro lugar entre os melhores livros de gastronomia do mundo no maior concurso de livros de gastronomia do mundo que se realiza na China.

Actualmente é consultor do Grupo Trivalor, do Continente da Sonae Distribuição e da SóCatering assim como da ASPOC.

Mantem uma actividade e ligação muito forte à cidade do Porto em várias associações de foro social que preside e intervêm.

É presença semanal na RTP na Praça da Alegria às terças feiras numa campanha destinada à diminuição do sal com o alto patrocínio da Associação Portuguesa de Nutrição.

Javier García

Es Profesor en la Escuela Técnica Superior de Ingeniería Agronómica, Alimentaria y de Biosistemas de la Universidad Politécnica de Madrid desde 1996 donde imparte docencia en nutrición animal entre otras materias. Su actividad investigadora está centrada en la valoración nutritiva de ingredientes, salud intestinal y necesidades nutricionales en cunicultura (fundamentalmente). En este ámbito, posee 50 publicaciones en revistas del Science Citation Index, ha participado en 30 proyectos de investigación, ha impartido 30 conferencias en congresos/jornadas del sector de la nutrición animal, y ha sido editor asociado del World Rabbit Science y miembro del consejo editorial de Animal Feed Science and Technology y  presidente de la Asociación Española de Cunicultura.

Juan José Pascual Amorós

Licenciado en Bioquímica y PhD en Nutrición Animal

Catedrático de Universidad del Departamento de Ciencia Animal

Secretario General de la World Rabbit Science Association

Editor-in-chief de la revista JCR World Rabbit Science

Director del Departamento de Ciencia Animal de la Universitat Politécnica de Valencia.

Líneas de investigación: Nutrición, salud y bienestar en monogástricos. Efecto de la selección genética y de la nutrición sobre la gestión de recursos de los reproductores. Estrategias para la optimización proteica en monogástricos.

Autor de 98 artículos científicos, 147 comunicaciones a congresos, 3 libros y director de 9 tesis doctorales.

Participante en 44 proyectos de investigación competitivos y 17 contratos I+D+i con empresas.

http://www.upv.es/ficha-personal/jupascu

Karine Bebin

Nutricionista de conejos, en CCPA group desde 2002 (FRANCIA)

Máster en producción y fisiología animales, Universidad de Rennes I

Primero empecé 4 años de investigación y desarrollo en la producción porcina, despues me especialicé en aves y conejos.

Maria Cândida Sâncio da Cruz,

Licenciada em Medicina Veterinária pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) da Universidade do Porto. É Gestora de Produto de Coelhos na De Heus Nutrição Animal S.A.
csancio@deheus.com

Maria Azevedo Mendes

Licenciada em Medicina Veterinária, exerceu entre 2011 e 2018 funções de chefe de divisão na Divisão de Gestão e Autorização de Medicamentos Veterinários da Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), com atribuições na área dos medicamentos veterinários, biocidas e produtos de uso veterinário.

É perito e foi membro de vários grupos de trabalho na Agência Europeia de Medicamentos (EMA), tendo sido a representante de Portugal nas reuniões do grupo do Conselho que debateu a proposta do novo Regulamento dos medicamentos veterinários (Regulamento (UE) 2019/6, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 11 de dezembro de 2018).

É coordenadora do Grupo de trabalho “Resistências aos antimicrobianos” (GTRAM), da DGAV, e membro do grupo que elaborou o Plano Nacional de Combate à Resistência aos Antimicrobianos (PNCRAM), estratégia comum aos ministérios da Saúde, da Agricultura e do Ambiente e da Ação Climática, no âmbito do conceito “Uma só saúde”. É representante da autoridade competente veterinária de Portugal na rede “One Health on AMR” estabelecida pelo Conselho e ponto de contacto junto à Comissão Europeia, para os assuntos relativos à resistência aos antimicrobianos.

Iniciou a sua actividade profissional como médica veterinária de animais de companhia e exerceu funções de inspectora sanitária, tendo-se posteriormente dedicado à área regulamentar dos medicamentos veterinários.

Miguel Rodrigues

Licenciado em Engenharia Zootécnica e doutorado em Ciência Animal, pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). É Professor Associado no Departamento de Zootecnia da UTAD, onde leciona disciplinas relacionadas com nutrição e alimentação animal. Desenvolve atividade de investigação na valorização nutricional de subprodutos para a alimentação animal.

Paulo Alves

Licenciatura em Marketing e Publicidade iniciou a sua carreira na JWT tendo também trabalhado na TBWA/EPG e Tequila Worldwide até se tornar partner da R2 Publicidade e Comunicação.

Ao longo da sua carreira já desenvolveu projectos para várias áreas mas tem uma paixão especial pelo sector agro-alimentar.

Acredita que as Marcas são como as pessoas e que por isso mesmo precisam de ser alimentadas com estratégia, criatividade e know how.

Na R2 é responsável pelo desenvolvimento estratégico de projectos de comunicação, mas sempre com um brilhozinho nos olhos. O mesmo brilho que vemos quando fala da sua outra paixão A produção de vinhos biológicos.

Ana Filipa Lourenço

Licenciada em Medicina Veterinária pela Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa, iniciou a sua atividade em clinica de pequenos animais.
Desde 2000 que exerce funções na Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), inicialmente na área de Identificação e Registo Animal e atualmente na Divisão de Epidemiologia e Saúde Animal.
É responsável a nível central pela implementação e gestão dos Programas Nacionais de Controlo de Salmonelas em avicultura.
É membro do Grupo de trabalho “Resistências aos antimicrobianos” GTRAM da DGAV.

INSCRIÇÕES

* Gratuita para os sócios da ASPOC, signatários do protocolo de colaboração da fileira da carne de coelho.

(1) Até 30 de outubro de 2019;
(2) Até 10 de novembro de 2019;
(3) A entrega de documentação fica sujeita a disponibilidade;

* Gratuita para os sócios da ASPOC, signatários do protocolo de colaboração da fileira da carne de coelho.

(4) Com a sua situação regularizada e no máximo de duas inscrições por sócio;
(5) Inscrição sujeita a disponibilidade. Lugares limitados.

 

Notas

A inscrição nas jornadas inclui acesso às palestras, pasta e documentação, livro de comunicações digital, certificado de participação, almoço, cafés e águas.

A inscrição de grupos de 10 elementos confere o direito a um desconto de 10% no valor da inscrição.

Os pagamentos por transferência bancária devem ser feitos para o IBAN da APEZ: PT50 0033 0000 0004 5908 0708 4. Só serão consideradas inscrições efetivas as acompanhadas com o respetivo comprovativo de pagamento, que deve ser envido para geral@apez.pt.

Unidades hoteleiras parceiras das Jornadas de Cunicultura:

Hotel Miraneve

Rua D. Pedro de Castro
5000-669 Vila Real

telf.: 259 323 153

Web page: www.hotelmiraneve.com

E-mail: hotelmiraneve@live.com.pt

Coordenadas GPS: 41º17’56.96”N 7º44’48.44”O

Single – 30€
Duplo/Twin – 45€
Ambas as tarifas têm o pequeno almoço incluído.

Hotel Miracorgo

Avenida 1º de Maio, 76/78
5000-651 Vila Real

Telf.: +351 259 325 001

Web page: www.hotelmiracorgo.com

E-mail: info@hotelmiracorgo.com

Coordenadas GPS: 41º17’43.47”N 7º44’38.51”O

Sgl : 54.00 eur / quarto / noite / apa
Dbl : 73.80 eur / quarto / noite / apa
Iva incluído à taxa legal em vigor

Hotel Quinta do Paço

Arroios – 5000-051, Vila Real

+351 259 340 790 
Web pagewww.quintapaco.com
E-mail: hotel@quintapaco.com

As tarifas por noite com pequeno-almoço

  • Quarto Individual: 40.00€
  • Quarto Duplo: 60.00€
  • Quarto Triplo: 80.00€

PATROCINADORES

Se está interessado em  associar-se a este evento,  pode solicitar informações sobre as condições de patrocínio através de:
geral@aspoc.pt
geral@apez.pt

Platina

Ouro

Prata

Outros patrocinadores

APOIOS