HISTÓRIA

A Associação Portuguesa de Cunicultura (ASPOC) é uma Instituição Nacional com sede em Aveiro, fundada com o objetivo de promover o sector, nomeadamente através do estudo e defesa dos interesses relativos à Cunicultura, progresso técnico, legislativo, económico, social e formação profissional.

Fundada a 13 de Setembro de 1991 em Leiria por um pequeno número de cunicultores, com o passar dos anos a ASPOC, segue a mesma ideologia, valorizando e defendendo a cunicultura, na busca pela melhoria do sector.

Grande parte do seu trabalho é desenvolvido em colaboração com o Ministério da Agricultura, na área de legislação nacional e comunitária, e com a Direcção Geral de Veterinária, no âmbito da legislação/utilização de medicamentos e legalização de explorações, passando também pelas situações de eliminação de cadáveres e produtos de utilização de veterinária.

Atualmente conta com cerca de 80 Associados, onde se incluem: Produtores, Centros de Seleção, Centros de Inseminação Artificial, Matadouros e Técnicos Veterinários, distribuídos por território Nacional e Internacional, com maior incidência na Região Centro e Norte do País, representando cerca de 100.000 reprodutoras.

O trabalho da Associação é essencialmente no sentido de transformar a produção e o consumo da carne de coelho em algo em que se sinta orgulho em apostar.

A ASPOC continua a procurar dar todo o apoio técnico aos cunicultores da sua área social, de modo a solucionar os seus problemas e promover o desenvolvimento da região de intervenção. É do seu interesse criar condições para permanecer e instalar uma população, permitindo assim o rejuvenescimento do tecido empresarial da cunicultura.

Prestar um serviço de qualidade, gerir com rigor os recursos humanos e materiais, orientar a atividade para a satisfação dos públicos e obter elevados indicadores de eficiência e eficácia do sector, é o caminho que a Associação procura percorrer. Sendo assim, deu-se uma maior relevância ao desenvolvimento dos planos de intervenção perante a comunidade regional e sectorial, para que as pessoas se dediquem à Cunicultura e sejam valorizadas perante o sector.

A Associação Portuguesa de Cunicultura atua em todo o território Português, podendo realizar ou participar em ações noutros países Europeus, sempre que a defesa dos interesses da ASPOC o justifiquem.